Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
horacemccoll6

Motivos Pra ti NÃO Se Casar!

Santo Antônio Casamenteiro?


No início de julho, um vídeo proveniente de Mossul, cidade do norte iraquiano, correu o universo. Nas ruínas da cidade, ele mostrava a prisão de Graciosa W., uma alemã de 16 anos de Pulsnitz, na Saxônia, por forças de segurança iraquianas. Um ano antes, ela havia se juntado secretamente ao "Estado Islâmico" (EI), viajando para o território da organização terrorista, onde se casou com Abu Osama al-Shishani - que por ventura foi morto.


O que o video não mostrou foi que Atraente - assim como ela quase uma moça - detém um pequeno garoto, com quem prontamente se acha há quase um ano numa prisão militar em Bagdá. Admiração Para Arrumar Um Companheiro está entre os 940 alemães que levaram a sua radicalização até o ponto de viajar pra localidade dominada pelo EI. Estima-se que 20% sejam mulheres - ou melhor, quase 200. Diversas delas tiveram filhos. Agora, o governo em Berlim, segundo a imprensa alemã, estaria tentando repatriar essas meninas.


Na Alemanha, elas deverão, a princípio, ser alojadas em casas de parentes, visto que as mães não deverão ser libertadas tão rapidamente. Noiva Pressiona Gusttavo Lima Para Casar desejo do primeiro-ministro iraquiano, Haidar al-Abadi, Bela W. precisará ser julgada por um tribunal em Bagdá. Frases Para Ocupar , Abadi comentou à agência de notícias AP que, caso a participação de Esbelta W. no assassinato de inofensivos seja comprovada, ela poderá afrontar pena de morte.


Em Como Superar Com Homem Mulherengo , o EI lançou uma extenso campanha publicitária para trazer moças e adolescentes mulheres pra Síria e o Iraque. Susanne Schröter, do Centro de Pesquisas Islã Global de Frankfurt. Com imagens de homens jovens e atraentes, de mulheres com véus adorando os seus combatentes, com histórias de carinho inventadas em maneira de diário, elas foram abordadas segundo o princípio do "jihad romântico".

  • 14/15 (Enrico Webers/Creative Commons)
  • Um tapuer
  • Isabela argumentou
  • nove "Dia da Menina" 12 de Outubro de 2017 509
  • 09/05/2008 - 15h37 - O Que Rola
  • 23- São Miguel / alinhe nosso corpo, mente e alma com o desejo divina

Nadja Ramadan bem como é uma dessas mulheres. Na atualidade, ele se descobre num campo no norte da Síria. Após a fuga da autoproclamada capital do EI, Rakka, ela foi presa por combatentes pershmerga. Em setembro último, foi encontrada por um repórter do jornal Die Zeit. Hoje com trinta e um anos, Ramadan viajou três anos atrás para o território do EI.


Ali, ela se casou com um jihadista alemão de Hamburgo, com quem teve dois filhos - um com quase três anos, outro de somente 5 meses. Em mensagem de video, ela apelou à chanceler federal alemã, Angela Merkel, pra trazê-la de volta pra Alemanha. Segundo relatos da mídia, em Erbil, no Curdistão iraquiano, localizam-se no mínimo novas 4 meninas de raízes alemãs presas com suas mães.


No instante, entende-se da vida de uma meia dúzia de crianças de origem alemã em prisões. Mas este número não precisa corresponder, de distante, a todas as crianças de mães alemãs que nasceram pela região do EI ou que cresceram ali no mínimo temporariamente. Neste motivo, os esforços em levar pra o país crianças alemãs de partidários do EI bem como é debatido perante o porte de segurança. Mas, este risco diminui quanto pequeno for a garota. De acordo com uma reportagem do jornal Washington Post do ano anterior, pros filhos do EI, o treinamento de duelo começa aos 6 anos de idade. Ao chegar à adolescência, eles já devem estar preparadas para ataques suicidas.


Então que chegou em Brasília embarcou pra Israel, onde passou alguns meses, e depois circulou quatro anos pela Europa. Morou pela Itália, França, Suíça, República Checa e Espanha, onde acabou sendo deportado de novo. Entre 2008 e 2014, trabalhou no setor hoteleiro e deu aulas de inglês em Brasília e no Rio Amplo do Sul.


Mata espera se recuperar do alcoolismo pra retomar tua jornada. O baiano Ramon Costa Oliveira se orgulha de seus feitos pela natação e de seus tempos de atleta. Fez quatro travessias marítimas da Extenso Salvador percorrendo quatrorze quilômetros de distância e, em uma delas, conseguiu um honroso 6º recinto. Cursou até o segundo ano de educação física antes de ser cativado na atividade de representante comercial que exerceu até três anos atrás. No seu caminho profissional passou por seguradoras, como a SulAmérica, e grandes corporações alimentícias como Bunge e Master Foods.


Oliveira. "A minha decadência começou devido a do contato com as drogas e o álcool." Seu último trabalho após deixar a representação da Master Foods, em 2010, foi no negócio de venda de sacos de lixo. Tinha 3 funcionários contratados e atuava pela região de Sorocaba e Itu, no interior de São Paulo atendendo o comércio varejista.

(PRO)
No Soup for you

Don't be the product, buy the product!

close
YES, I want to SOUP ●UP for ...